sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Compras de enxoval em Uberlandia



1º Tecidos Tita: Fui nessa primeiro porque é um atacadão e se os preços e os itens que tiverem forem como eu procuro, as outras que eu for não farão muita diferença.. E lá eu fui...Chegando na recepção uma pessoa solicita que alguém nos acompanhe durante a possível compra. Bem, eles vendem a marca Biramar no qual me interessou muito, e itens par ao berço como lençol, virou e fronha, manta e saia tudo da Biramar. Gostei. Vendem também body da Pulla Bulla de todos os jeitos. Também gostei. Vendem berço que vira mini cama, cómoda todos num preço mito bom. Porem............ O atendimento não é bom! É péssimo, a impressão é que mesmo tendo a opção de fazer vendas para pessoas físicas, quando eles vêem grávidas as vendedoras ficam desanimadas. Mesmo assim prometemos voltar, e peguei o nome da pessoa que nos atendeu.


2º A Japoneza: Uma loja tradicional de bebe, que não tem muita coisa diferente do que eu procurava e os preços o mesmo de Brasília.Não vendem nenhum kit de Berço Branco e carrinhos só os enormes. A atendente era cheia de graça, detestei. Eu falava uma coisa e ela vinha com uma piada inconveniente. Sai de lá para nunca voltar


3º Shopping da Criança: Nada de interessante, fomos bem atendidos, tem muita coisa só que também com preços iguais aos de Brasília. Não vi nenhum body diferente ou coisa que merecesse a compra. Percebi que o povo gosta de carrinhos pesados, não achei ainda nenhum tipo guarda chuva, todos são aqueles enormes.


Minha amiga deu a dica para irmos a uma loja que é um pouco cara, mais talvez tenha o que eu esteja procurando... Ela estava certíssima. Um atendimento excelente, com vários opções de kit de berço, lindos e bem fofos... Lógico que o que eu queria era o mais caro.. kkkk todo branco... Mas valeu a ida, não tem o carrinho peg-pérego, mais tinha o da Infanti Perugio e foi bom para eu e me marido abrir e olhar e ter a certeza que queremos o PLIKO P3. Sai de lá feliz com o que vi, mais feliz ainda em saber que as compras seriam todas concluídas da primeira loja. Porem.........


Voltamos a 1º loja e para fazer o cadastro e assim efetuar a compra. Se o atendimento não foi bom no começo, agora parece que piorou. Voltamos vimos a vendedora que já disse que estava no horário de almoço e que pediria para outra pessoa atender, ate ai tudo bem... Fomos direccionados para o "Cadastro", a pessoa havia falado que para a compra existia duas maneiras de pagamento. As compras deveriam ser acima de 300,00 sendo que para pessoa física deveria ser a à vista em dinheiro ou no débito. Caso fossem faturadas, ou seja, usando CNPJ teríamos que ser aprovados por um cadastro. Bem como temos CNPJ preferimos faturar, até mesmo porque iríamos comprar quase tudo lá, de berço a quase todo o enxoval... Mas não é bem assim, começamos ser atendidos por uma pessoa que logo teve que sair para o almoço. A outra pessoa que substituiu não fazia questão nenhuma de ser pelo menos simpática. Para fazer o cadastro era necessário o contrato, para nós fácil, pois bastava o funcionário mandar via FAX. Mas não sei porque o Fax não funcionava, e não recebia as folhas, cheguei a pensar que ele não estava com dificuldades, mas cheguei a conclusão que não era o dia para a compra e depois de sermos mal atendidos desistimos e sai de uberlandia sem comprar nada - sobre o fax, chegou algumas folhas que ajudaram a começar a fazer o cadastro. Ai que tristeza. O que valeu mesmo foi que passamos na avó do meu marido, madrinha, tios, prima, etc etc.. Isso valeu o passeio...

Sei que não desisti. Vou a goiania tentar fazer a compra, porem vou fazer o cadastro antes. Pois é, para cada loja tem que passar pelo mesmo processo, mandando a documentação etc etc... Sei que o esforço de comprar lá vale pelos os desconto, um exemplo fralda da cremer luxo que sai a 19,00 a 25,00 em lojas comuns de produtos para bebe, lá sai por 11,90. Um desconto considerável. Vamos ver se consigo...

2 comentários:

  1. Não sei porque veio procurar Uberlândia se aqui nem é referência em enxovais de bebê, deve ser só para postar esses comentários ridículos, detonando as lojas, que fizeram o favor de te atender, porque você deve ser uma péssima compradora, do tipo "coco", que olha, olha e não leva nada. Por que não colocou o nome da loja 1ª Idade, que é onde foi bem atendida e gostou dos produtos, porém não tinha dinheiro para bancar, pois para ser uma pobretona, seria melhor se abster dessa palhaçada, ninguém te convidou para vir à Uberlândia, veio de entrometida e ainda bem que não levou nada, pois a cidade não merece turistas imbecis. Se algum dia tiver educação e humildade talvez consiga ser bem tratada aqui. P.S.: Ainda bem que não veio comprar roupas pra você, porque não iria encontrar nesse tamanho que você está, só se fosse em loja extra grande. Treine mais seu português, está péssimo!!!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, já trabalhei na 1ª loja citada, com certeza o cliente foco da empresa são os lojistas, há algum tempo eles não vendiam para pessoa física, somente no cnpj, mas verificando a necessidade de algumas pessoas, para conveniência do cliente mais necessitado decidiram atender pessoas físicas, mas não é tão simples assim, imaginem um vendedor deixar de atender um logista que já sabe o que quer pede e fecha o pedido em minutos, rendendo-lhe uma comissão de aproximadamente, R$ 50,00, para atender uma pessoa, que quer abrir e olhar tudo, demora em média 3 horas para comprar R$ 300,00, rendendo-lhe uma comissão de aproximadamente R$ 7,00... Os vendedores são treinados para atender bem à todos, mas vendo esta diferença e ainda por cima, se a pessoa for mal educada ou esnobe, complica. Sei também que o problema não é com as vendedoras, porquê não aumentar a comissão? Pois com as compras da pessoas jurídicas seriam comissões exorbitantes, teriam que aumentar os preços, e não poderiam utilizar comissões diferenciadas para não causar uma espécie de disputa entre os vendedores. Então, creio eu, para continuarem atendendo à todos, é necessário compreensão e humildade para com os vendedores, e não postar comentários como este que podem vir a causar problemas para os vendedores da empresa. Já pensou se vira febre estes comentários e a empresa decide voltar ao que era, não atender pessoas físicas... Aí todas as pessoas físicas que compra e usufruem dos preços da empresas seriam prejudicadas por comentários egoístas e sem nexo como os citados acima.
    Abraços e reflitam, lidar com seres humanos é uma arte...

    ResponderExcluir