segunda-feira, 26 de julho de 2010

Os Enjoos e os Desejos

Uns dos sintomas mais evidentes para algumas que estão se aventurando na maternidade é os enjoos. Sempre me recordo do que muitas dizem, "basta manter uma alimentação saudável que vc não o sente", mas como se os enjoos e a sensação de mal estar são diários e constante. 

Conversando com minha mãe, ela disse que umas das coisas que mais incomodava -entre outras- era o cheiro de ALHO. E me recordo no inicio, quando ainda não tinha a certeza da gravidez que, numa abertura da geladeira, veio um odor de alho, - EU QUASE VOMITEI - um cheiro horroso, forte e incomodo. Lembro que na oportunidade que tive, descongelei o congelador e limpei a geladeira com álcool e sabão, pois qualquer outro cheiro "muito doce" que incomodava. Hoje sei que os primeiros sintomas foi a sensibilidade ao cheiro. Como muda.

A maior dificuldade é ter que tomar café da manhã pela manhã e é lógico = enjoos multiplicados. 

Ai tento comer uma fruta lá pelas 10hs, mas parece que o mal estar já está instalado e quando dá meio dia, próximo ao horário do almoço já estou prá lá de enjoada. Até faço a alimentação priorizo um prato do arroz e feijão e um pedaço de carne com verdura, mas quase sempre como pela metade. A ultima vez que insisti, tive que conversar com Raulllllllllllllllllll (raul=vomitar).

Falei com o médico, ele disse que pode chegar até o 4º mês. MEU DEUS!!! Já emagreci 3 kg. Cortei água com gás que tomava diariamente. Cortei água durante o almoço. 
Outro detalhe é a série de alimentos com o passar do tempo não são mais meus favoritos. Eu amava um estrognofe, lasanha, molho branco... Agora quando vejo que dá até coisa ruim... Pela manhã, ainda quando dava para comer sem enjoos e comecei:

  • pão de queijo com presunto->enjoei depois 
  • pão francês com presunto, queijo, tomate e alface-->enjoei ai passei para 
  • pão de forma com presunto e queijo --->enjoei e por ai vai. 

To ficando sem opção... Alimento e depois enjoo... Ai vem a história dos "DESEJOS"... 

Desejo para mim nada mais é a consequencia de comer o que tá com vontade, já que alguns alimentos foram retirado do meu cardápio por falta de vontade de come-los ou pela aparência que tem me deixada com mal estar. Eu li na internet que as grávidas enjoam dos cheiros devido ao o corpo evitar coisas perigosas ou venenosas ao baby. Outra coisa é a necessidade de alguns alimento, eu não sou muito fã de feijão, comia de vez em quanto... agora eu sinto uma necessidade louca de comer, e principalmente feito como FEIJOADA. Nossa nesse ultimo sábado comi uma pratada que meu marido ficou em alerta, preparando o momento em que eu iria passar mal. Muito pelo contrário, foi ótimo. Outra coisa é a vontade de comer carne, eu sempre gostei, mas agora é uma necessidade maluca. Frutas acidas, gente... Como pode, eu to amando um picolé de limão ou de abacaxi...

Meu marido tem sido um anjo, tudo o que eu "desejo" ele dá jeito.

Verduras e legumes tem feito parte do cardápio por necessidade, mas tem que ser saudável, se tiver muito molho "irght", num rola.

Pois é, a gente lê, re-lê e acontece mesmo: estar grávida é uma alegria e suas transformações tende a melhorar nossa qualidade de vida, ou controlar os excessos. Mas estou ansiosa que esse momento passe logo, e que eu sinta prazer em comer alguns alimentos.

domingo, 25 de julho de 2010

Acompanhe sua gravidez mês a mês — BEBE.COM.BR

Acompanhe sua gravidez mês a mês — BEBE.COM.BR

Viviane Alves Carmo => Numerologia de mãe

Minha amiga que é mãe da pequena Mariana, indicou que eu cadastra-se no site bebe.com.br. Ele encaminha e-mail do desenvolvimento do baby, alem de dar várias informações uteis sobre esse momento tão mágico!

Em um dos itens tem a Numerologia do nome. Você descreve seu nome completo e manda ver... Vai aparecer sua personalidade materna. Se você já tiver o nome da sua criança, basta colocar que ele mostrará como vai ser... Simples assim. Amei

Minha personalidade pela numerologia:


2A compreensiva. Antes de decidir o médico, o hospital, o enxoval ou qualquer outro item da maternidade, você se informa sobre todos os fatores que podem influenciar a decisão. E costuma ser assim em tudo. Tem o dom de olhar para os diferentes lados de uma questão e ponderar o que é melhor. Como mãe, é paciente, dedicada e usa a diplomacia para resolver os problemas da casa.

Sua sensibilidade é a responsável por cuidar tão bem dos detalhes da chegada do bebê. Preocupada acima de tudo com o bem-estar da criança, transforma o quartinho dela em um espaço de tranquilidade e se esforça para deixar tudo em ordem, garantindo um ambiente para lá de acolhedor.

Dedicada, você é uma mãe que sabe transmitir todo o seu afeto e educa com bondade. Os talentos dos filhos jamais passam despercebidos aos seus olhos. E opta pelo diálogo, em vez da repreensão. Quando fica brava com a criança, prefere o silêncio - assim o pequeno tem espaço para pensar no que fez. Situação resolvida? Então, ele será presenteado com sábios conselhos de uma mãe que está disposta a ensiná-lo a enfrentar a vida com coragem.



Se é verdade sinceramente não sei, mas basta sonhar com os possíveis nomes das crianças para ele mostrar sua personalidade etc etc... Coisa de mãe é sonhar com o futuro, se é verdade ou não - NÃO SABEMOS - mas é algo que nos complementa nesses dias que serão uma metamoforse de sentimentos.

Só sei que é mágico. Basta ter uma pitada de amor entre duas pessoas para poder criar algo lindo para o mundo. Pena que muitas pessoas usem o sexo só para o prazer próprio, e não para o prazer mútuo. Dar a vida a alguem é mais um exemplo que DEUS existe e que ele a todo momento pensa em nos, e deseja sempre o melhor. Eu CREIO fielmente nisso! E você?


sexta-feira, 23 de julho de 2010

As Fases

Nossa!

Como as sensações mudam, o gosto, o cheiro, a disposição. Fato é que estando ciente da gravidez a gente passa acreditar que é dever cuidar do nosso corpo para as inumeras e variadas transformações que estar por vir, (no meu caso, ja está acontecendo).

Lembro-me bem do dia que era para vir a menstruação, os seios doloridos, as pernas doendo e a sentimento de uma possível cólica "dáquelas".... Uma dor de cabeça que não parava nunca, foram gotas e + gotas de dipirona, uma certa insônia e nada dela descer. Já passados dois dias do não aparecimento, tive uma Virose e que me deixou de cama com dores no corpo por uma semana. Aff!!!

Bem, não veio estão a possibilidade seria quase certa! Não comigo, já que mesmo tendo ficado um ano anotando os periodos da menstruação, houve duas vezes em que ela atrasou, então era o momento de aguardar.

Passado duas semanas, e ja estava na expectativa, ainda continuava a fazer tudo, inclusive a pegar peso, mas sempre observando as as atividades uterinas que iniciara agora com pontadas frequentes.

Fiz o exame de sangue e aguardei anciosamente para ver o resultado pela internet com meu marido que chegara de uma viajem a trabalho. Sim POSITIVO...

Agora sim. A idéia era esperar ate o fim da 12º semana para contar aos pais, contudo a gente precisa deles para apoiar  e fazer acreditar que tudo vai dar certo. Contei a minha mãe, ela inclusive não exite mesmo, É MÃE. Quando ainda não tinha certeza da gravidez eu pedi a ela que me ajudasse a pelo menos lavar um pouco do montade de roupas sujas que tinha em casa, porque eu não dava conta de nada... Ela mais que prestativa somente disse -"traz". Coisa de mãe sabe. E para minhas irmãs que ficaram já imaginando como estragar a sobrinha com tantos mimos; kkkkk para elas vai ser menina....

Contamos para meu pai. É ele só disse: É! kkkkk Mas ele vai ser o mais babão. Tenho certeza!!! Principalmente quando ele tiver a oportunidade de botar no colo e poder contar suas bravuras "De ser o Princípe Jesiscan e de suas muitas guerras vencidas pelo o mundo, e que ele estava disfarçado".... Meu pai e suas histórias que fez a imaginação Minha e da Bruna voar por um pais....

Contamos para minha sogra em um momento em que ela já estava muito feliz com a possivel compra de sua nova morada, ela ficou extasiada (relatos da minha concunhada). Contamos par ameu sogro que é FOFO, gente que lindo ele é, só palavras de apoio, só carinho "mesmo por telefone"... E por ai vai, irmãos que são atenciosos e pra lá de companheiros e suas esposas que de fato, são mulheres da família que ficam tão felizes por nós que nos deixam sem graça.

 isso... Estou na 7º semana, com os enjoos que merece um post só.